NOTÍCIAS


Previsão indica duas ondas de frio nos próximos 15 dias no Centro-Sul

Mesmo com queda na temperatura, Sudeste e Mato Grosso do Sul estão livres de geadas

August 13, 2019 19:08  |  Redação - Canal Rural
termometro

Pryscilla Paiva, editora de Tempo do Canal Rural

 
Apesar da passagem de uma nova frente fria pelo país, o tempo permanecerá seco em boa parte dos estados. No entanto, a chuva atinge o Rio Grande do Sul, Santa Catarina, a costa do Sudeste e do Nordeste e a porção norte da região Norte. O acumulado é maior no leste gaúcho, no litoral sul da Bahia, no Amapá, Roraima e no norte do Pará e do Amazonas.
 
Previsões mais estendidas indicam que no Centro-Sul a chuva permanecerá concentrada em Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Entre 19 e 20 de agosto, um novo sistema frontal traz chuva acima de 30 milímetros aos dois estados.
 
O retorno da chuva significativa para áreas agrícolas importantes do Paraná, Mato Grosso do Sul e São Paulo foi postergado para a segunda quinzena de setembro. Outras simulações indicam precipitação inferior a 10 milímetros no oeste de Mato Grosso e em Rondônia após 20 de agosto, precipitação conhecida como “chuva da florada da manga”.
 
Há previsão de duas ondas de frio nos próximos 15 dias. Na quarta-feira, 14, os termômetros vão oscilar entre -3°C e 3°C desde o sul do Paraná até o Rio Grande do Sul. Apesar das baixas temperaturas, não há culturas agrícolas vulneráveis nesta época do ano. A segunda queda de temperatura acontecerá por volta de 23 de agosto, e será mais fraca que a atual, com mínimas entre 3°C e 6°C nas áreas mais elevadas do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O Sudeste e o estado de Mato Grosso do Sul vão sentir a queda da temperatura, mas nada que represente risco para as lavouras.
 
Ao mesmo tempo em que faz frio no Sul, o calor domina o centro e norte do Brasil. A máxima promete chegar perto de 40°C em Porto Velho (RO) e Cuiabá (MT) entre 20 e 21 de agosto.